5

O sono e a fome

Bom, depois de tanto ler, pesquisar, encher minha cabeça com novidades, eu resolvi que não vou ficar me estressando em demasia,rs com o problema do sono e da fome de minha pequena.
Fiz uma análise criteriosa de tudo que me perguntam e das questões que o Pediatra e o maluco homeopata colocaram em pauta. E percebi que, no que está ao meu alcance (sim garotas, porque existem coisas que fogem do meu controle, hã?), eu estou estimulando uma alimentação adequada e um sono restaurador.
Em primeiro lugar, claro que minha filha já experimentou confeitos, chocolates, refrigerantes e salgadinhos. Eu não sou da linha natureba e não tenho amigos e familiares naturebas, então, em festas de aniversário ou ocasionalmente, quando saímos, a pequena já experimentou e gostou desses sabores.
Mas a regra em casa não é ter excesso de açúcares e gordura. A comida é bem light mesmo, até porque quem cozinha na maioria das vezes é minha mãe, hipertensa, então ela não exagera. Feijão, arroz, macarrão,sopas,salada, bifinho de frango ou carne, peixe.Esta é a alimentação, fora as frutas que sempre estão presentes.E refrigerantes, aparecem quando há algum momento específico, como uma comemoração de aniversário, por exemplo.(Eu tô acima do peso porque almoço fora de casa, e daí eu exagero um tantinho sempre, além de que não resisto à sobremesa, mas isso é só (?) de 2ª a 6ª)
Desta forma, analisando pelos hábitos alimentares dos adultos, observo que não seja pelo mau exemplo que Ana Letícia não quer comer. Ela deve estar passando por algum pico de desenvolvimento , o que tem acarretado a falta de apetite por comidas salgadas
Fizemos exames de sangue e está tudo ok.Estatura e peso normal. A Ana do Balde comentou sobre o vermífugo, e também está tudo ok. Tomou com um ano e agora na última consulta com o PE ele receitou outro, pra tomar uma dose num dia e depois outra 15 dias depois. Mas não deu verminose no exame de fezes. E já tomamos as doses estipuladas.
A Sílvia, do Blog Uma Pitada de Cada Coisa sugeriu deizer que não tem gagau, pra ver o que ela faz. Simplesmente tentei isso por um dia, e ela simples assim não comeu nada do que foi oferecido. O bom é que ao menos come uma frutinha de vez em quando, como uma pêra , ameixa fresca e manga.Desde ontem que andou gostando mais um pouco da laranja  tem pedido pra chupar. O negócio é que tem dias que ela parece que acorda sem querer nada mesmo.E o que me dói amiga Sílvia, é que até um ano e meio minha pequena era boa de prato e comia tudo que se oferecesse. Fazer o que? rsrsrsrs
Quanto ao sono, até outro dia deitava no colo e dormia. Atualmente já pede pra ir para o berço (por falta de e$paço ainda não compramos a caminha) dela sozinha e adormece sem ajuda. Ocasionalmente, num tempo de denguinho, pede pra ficar na cama conosco, mas não é sempre. E dorme por volta das 21:30.
Não posso dizer que o quarto é o mais ventilado possível, até porque, com o calor desta cidade, não existe casa confortável depois que se fecha tudo. Infelizmente a ventilação a noite tem que ser artificial via ventilador, mas durante o dia o quarto é arejado (quando o tempo tá de boa tb) e luminoso.
A  Jaque e  a Naiara me sugeriram pesquisar sobre o terror noturno. Fiz uma pesquisa na net e constatei que este não é o problema da Leti. Ela não acorda a noite chorando ou assustada. Apenas acorda pedindo água, bubu, ou me chamando, resmungando. Apenas isso.
A Luciana do Nicolando por aí também me deu uma ótima sugestão de site sobre o sono infantil.  É este aqui http://solucoes.multiply.com/.
Site muito bom, e me trouxe orientações preciosas, tais como a tabela de sono que me fez confirmar as minhas convicções de que não estou errando com o sono da pequena:
21 a 36 meses (1 e 9 meses a 3 anos)
- Maioria das crianças ainda precisam de uma soneca (Leti ainda dorme a tarde)
- Em média a soneca é de 2 horas mas pode ser entre 1-3 horas (aqui em casa é geralmente 2 horas e meia)
- Maioria das crianças dormem entre 7-9 da noite, acordam entre 6:30-8 da manhã (difere porque ela dorme às 21:30)
- Se a soneca não aconteceu, é preciso por na cama mais cedo ainda (geralmente a soneca sempre ocorre)
- Se a criança não dorme bem durante a noite, não permitir que a criança tire a soneca pode ser problemático, causar extrema fadiga (deixar sem dormir me foi orientado pelo homeopata, mas eu não segui e estou certa, pois acontece assim mesmo se ela não tirar a soneca)
- Se a criança acorda entre 5-6 da manhã, e está bem descansada, pode-se tentar encorajar mais sono com cortinas escuras (ela acorda por volta de 8, 8:30)
- Ir pra cama mais cedo pode resultar em acordar mais tarde de manhã (sono traz mais sono, na maioria dos casos)
No mais, a Paula, a Babi, a  Maria Adriana também se queixaram do mesmo problemas e relatam que passou ou está passando, e eu também resolvi aguardar.
Quem sabe com a mamãe menos preocupada com este assunto gigante a menina não fique cuca fresca e resolva parar de me contrariar?rs

******
RESPOSTA AOS COMENTÁRIOS

Sobre o post:
Um médico ou um monstro
1. Quero agradecer imensamente à Paula, Jaque, Naiara, Maria Adriana, Babi, Ana, Luciana, Marina e Silvia. Meninas, o incentivo e as dicas de vocês são muito especiais. Me faz ver o quão legal é ter um blog e poder compartilhar com todas vicês as alegrias de ser mãe.

Sobre o post:
Pesente du papai du xéu
1. Gisele, Mariza, Vanessa, Paula, Elisabeth, Thais, Naiara, Silvia, Luciana, Geovana, Beca e Déia: é claro que eu morri, me derreti, beijei, abracei, chorei. Só esqueci de registar aqui no blog, porque na memória, tá guardado pra todo o sempre. E eu amo poder contar pra todo mundo ouvir que nós temos este amor tão grande uma pela outra.Obrigada por vocês me acompanharem e brindarem conigo estes momentos tão felizes.

5 comentários:

Thais Scavassa disse...

Oi, a questao alimentaçao e sono sempre preocupa as mamaes, mais sabe amiga acho que isso é super normal em varias fazes, dudu ja teve problemas ocm alimentaçao e sono e hoje ta normal, so anos ei ate quando... cada uma de nos conhece seu filho melhor e sabe muito bem como agir.. seguir o nosso instinto é sempre o melhor... bjus

Simone disse...

Ei Marina!

Acho que você está certa em não se estressar tanto. Claro que nos preocupamos, mas toda criança tem sua fase de não querer comer ou dormir. Aos poucos ela volta ao normal, você vai ver.

Bjs!!!!!!!!

Silvia Azevedo disse...

No dia em que li seu último post fiquei pensando exatamente nisso: minha filha, hoje, é uma fominha, mas será que pode acontecer o mesmo que com a Letícia?
E concluí, baseada em conversas com outras mães com filhos mais velhos, que realmente acontecem mudanças que não tem muita explicação. Quer dizer, um dia a Letícia comia bem e depois passou a querer só mingau, assim, meio do nada.
É, acho que está certa em tentar desencucar um pouco. Se ela está bem de saúde, não há muito o que fazer por enquanto, não é?
Pode ser apenas uma fase, e só! Se bobear, quando ninguém esperar ela vai te pedir um pratinho de feijão com arroz! hahahaha Não é mesmo?

Paty Fortunato disse...

Oi amiga,

A alimentação sempre foi um problema pra mim, Henrique nunca foi bom de boca. Vivia reclamando no blog...mais agora estamos em paz,ele está comendo bemmmmmmmm melhor graças a Deus. Vivo fazendo receitinhas diversas,as favortitas dele: bolo de carne, suflê de frango com legumes, arroz de forno e hamburg de carne ou frango caseiro. Ah,feijão com arroz se tiver com farinha rs
E sobre o sono,Henrique adora dormir, sempre tenho q acordar ele rs

Beijocas!

Elisabeth disse...

Oi, Marina...então, ontem fui ao pediatra da minha pequena e constatamos que ela está no limite mínimo do peso e do crescimento porém, dentro da normalidade. Como ela apresentou alergia ao leite de vaca e de cabra, toma o de soja. E acaba não consumindo o cálcio que conseguiria caso tomasse leite animal ( mesmo tomando vitamina...)
Claro que fico preocupada e imagino também sua preocupação.Como a alergia ao leite costuma sumir, vamos começar a tentar misturar o leite de vaca com o de soja, até fazer a transição e pode ser que ela saia desse limite mínimo ou que vá ser uma criança baixinha...
Já estou apresentando alguns alimentos com o leite de vaca e não tem apresentado sintomas...
O que penso de tudo isso é que as crianças são diferentes, tem ritmos e desenvolvimentos distintos. Acabam sendo comparadas com a média( chamada de normalidade) e quando algo sai diferente, já acham que é algum problema, o que nem sempre é verdade....
Tem semanas que a Sofia dorme bem. Tem períodos que acorda de noite e não há santo que faça dormir, quer brincar, chora, quer colo... ( e eu li em coloquei em prática o Nana, Nenê, quando ela nem sentava...) . Para mim, são fases. Fases que as fazem ficar com mais ou menos fome e sono...
Fico na torcida pela minha e pela sua filhota. Que superem as fases que não são tão agradáveis e que cresçam sadias e felizes. Bjks e fiquem com Deus!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...